Sites Grátis no Comunidades.net
Pregação com Gritaria (nao vem de Deus)

A Palavra de Deus é tão clara quanto ao avivamento do Senhor. O avivamento não se caracteriza por aberrações, gritos, milagres, mudanças litúrgicas e etc....

Avivamento é muito mais que isso! O verdadeiro avivamento é provocado pela Palavra de Deus e resulta na mudança de conduta da pessoa avivada.

Tudo em sua vida se faz novo, todas as áreas de sua vida são afetadas e tão logo essa pessoa passa a desenvolver os frutos do Espírito. (Gálatas 5.22-23) Notemos que os frutos do Espírito Santo são: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio.

(Observe esses dois últimos frutos). Uma pessoa cheia do Espírito é mansa e possui domínio próprio sobre si, ou seja, não age por impulsos, por emoções, menos ainda por sensações e tem seu temperamento controlado pelo Espírito do Senhor.

E, quando orares, não sejas como os hipócritas; pois se comprazem em orar em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão. Mateus 6:5 Interessante essa “Teologia do Barulho” desenvolvida por algumas religiões que se dizem evangélica. Eles dizem, “quem não faz barulho está com defeito de fabricação”.

Não sei qual a finalidade dessa frase, mas uma coisa é certa: Deus é não surdo! Deus não é surdo e muito pelo contrário a sua Palavra diz que Ele conhece todos os nossos pensamentos, nossos intentos e nosso coração (Salmos 139), sendo assim não haveria necessidade de “berrar” ao ouvido de Deus, pois o Senhor não procura gritos e sim verdadeiros adoradores que é adorem em Espírito e em Verdade (João 4.24).

Uma coisa é certa essa Teologia do Barulho nada mais é que puro misticismo criado por “cristãos” que não conhecem a Deus e tão pouco a sua Palavra. Chamamos de misticismo o conjunto de normas e práticas que tem por objetivo alcançar uma comunhão direta com Deus.

O problema é que quase sempre, os místicos são induzidos a prescindir da Bíblia e se basear apenas em suas experiências. Efetuando uma exegese do derramamento do Espírito Santo em Atos 2, verifica-se uma ordem e que os sons estavam legíveis ao público em geral.

Disse o médico e historiador Lucas: “E correndo aquela voz, ajuntou-se uma multidão e estava confusa, porque cada um ouvia falar na sua própria língua”(AT 2.6) Lucas destaca que ouve entendimento do que os discípulos de Cristo falavam, por parte dos viajantes que estavam em Jerusalém: “Todos os temos ouvido em nossas própria línguas falar das grandezas de Deus”(v.11). O versículo 13 diz que alguns zombaram do acontecimento, alegando que os discípulos estavam bêbados, isso significa que houve um barulho inelegível? O versículo 13 indica que alguns não entenderam o agir do Espírito Santo, mas isso não significa um barulho rock-roll, verificado em muitas reuniões desenvolvida por algumas religiões que se dizem evangélica., que mais se assemelham ao Maracanã em dia de clássico do que um genuíno culto cristão.

Paulo nos alerta em 1 Cor 14.23:”Se, pois, toda a igreja se congregar num lugar, e todos falarem em línguas estranhas, e entrarem indoutos ou infiéis, não dirão, porventura que estais loucos? Paulo demonstra uma preocupação em todo o capítulo 14, que deve haver uma ordem na línguas e profecias no culto, a fim de que todos sejam edificados. (1Co 14;5).

E eu quero que todos vós faleis em línguas, mas muito mais que profetizeis; porque o que profetiza é maior do que o que fala em línguas, a não ser que também interprete para que a igreja receba edificação. Não podemos negar que a presença do Espírito Santo em nossas vidas abala nossa estrutura corporal. Não posso negar que muitas vezes me exalto quando estou pregando a Palavra do Senhor, entretanto tenho a convicção que Deus não olha a aparência e sim o coração do homem (1 Samuel 16.7) Deixemos de lado as loucuras dos homens e tentemos compreender a loucura de Deus que é a sua Palavra. (1 Cor 1.21).

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 2.0/5 (14 votos)




ONLINE
1







Amados irmãos, que todos possam evangelizar sem fronteiras e sem descriminação, nos ambientes de nossas comunidades, todos possam viver na plenitude de irmandade, e não em disputas de cargos ou se sentir privilegiado por se o líder no momento, quando a liderança for repassada a outro irmão, que o seu vigor continue da mesma forma empenhado em servir a comunidade em que vive. Digo comunidade, não quero que pensem que estou me referindo a nome especifico de religião, estou me referindo sim a comunidade como todo,  independentemente de religião. Observem que Jesus e os apóstolos falavam palavra de salvação à todos os povos. Que todos possam ser evangelizador  de acordo com o chamado de Cristo, a  pregar os ensinamentos de Jesus nosso mestre, palavras que saem do coração impulsionadas pelo espirito da verdade. A humildade agrada à Deus, jamais use dos dons que de graça recebeste para obter lucros financeiros. O Mestre nos falou, gratuitamente recebes de Deus, gratuitamente darás. Não julgue a ninguém, controle sua língua, para falatórios inúteis, esteja atentos as pessoas que estão passando por alguma dificuldade, ajude-as com palavras de otimismo. Não queira parecer melhor que ninguém, esteja sempre pronto para servir. Faça o que é bom de forma natural, não fique divulgando o que fez de bom para seu irmão. Jesus nos fala quem procede como tal já recebeu sua recompensa aqui na terra. Seja culto, não se importe o que irão pensar de você, agrade à Deus e não aos homens, tema somente aquele que tem o poder de matar o corpo e também a alma. A paz de Jesus Cristo, que está sentando a direta no trono celestial esteja com todo nós. Amém!    Leonardo Sena.

Caso queira comentar, Vá em contatos e deixe seu comentário.



Total de visitas: 2222